Secador de cabelo também pode ser arte?

Secador de cabelo também pode ser arte?
Atualizado em Sábado, 26 Mai 2018 20:15

O secador de cabelos pode ser considerado uma das grandes invenções da humanidade. Afinal, diferente do ar-condicionado, da máquina de lavar-louças ou do liquidificador, esse pequeno utensílio, além de tornar nossa vida mais prática, ainda é capaz de deixar mulheres e homens mais bonitos. Vocês conseguem imaginar como seria a sociedade atual se o secador de cabelo nunca tivesse sido inventado?

Sua invenção mudou a vida de muitas moçoilas, mas nem sempre ele foi tão prático como é agora. Antes de sua criação, quando queriam secar suas madeixas, as moças utilizavam o ferro de engomar. Acreditem! As que desejavam fazer ondas ou cachos em seus cabelos iam mais além e utilizavam ferros cilíndricos aquecidos no fogão. Não devia ser fácil, não é mesmo?

Toda essa trabalheira e sacrifício por parte das moças da época durou até meados de 1920, quando os primeiros secadores de cabelos elétricos surgiram. Mas engana-se quem pensa que eles eram práticos e fáceis de usar. Os primeiros secadores eram feitos de cromo, alumínio ou aço e com o cabo de madeira, o que os deixava pesados e muito mais difíceis de usar.

arte_secador.jpgJá nos anos de 1930, as coisas começaram a melhorar, pois os fabricantes passaram a arriscar em novos materiais na hora de fabricar os secadores, tais como o plástico. Os secadores também passaram a oferecer a vantagem de se poder controlar a temperatura e a própria velocidade. O que pode ser considerado um grande avanço para a época.

A primeira grande inovação em termos de secador de cabelo, e a mais próxima do que conhecemos hoje por esse modelo, só ocorreu por volta do ano de 1951, quando a famosa cadeia de grandes armazéns Sears Roebuck and Co. incluiu em seu catálogo de vendas um secador de cabelo portátil, ao preço de 13 dólares. Tratava-se de um secador manual, que acompanhava uma touca de plástico cor-de-rosa, que se unia à boca do tubo e se ajustava à cabeça do utilizador.

arte_secador_2.jpg

A partir daí, o secador de cabelos foi lançado rumo ao estrelato. Novos modelos passaram a surgir e as vendas não pararam de aumentar. Até que ele se tornou extremamente popular, tanto entre as mulheres, quanto entre os homens. A década de 1950 recebeu, então, outros ares, marcados pelo glamour dos penteados suntuosos, que só foram possíveis graças a esse pequeno aparelhinho que amamos.

Atualmente, contamos com os mais diversos tipos e modelos de secador. Temos os portáteis, para aqueles que viajam muito; os muito potentes, para aqueles que possuem muito cabelo; há modelos que utilizam combinações de íons positivos e negativos, para acelerar o processo de secagem; entre outros. No entanto, aprendemos, com o passar dos anos, que seu uso pode ir bem além de apenas secar cabelos, assim como deixa claro o título deste artigo. E não, você não leu errado: o secador de cabelos que você conhece e tem em casa, agora, também, é utilizado para fazer arte.

O responsável por essa inovação é o artista e mágico Antoine Terrieux’s, que decidiu tentar fazer, depois de adulto, algo que muitos talvez já tenham tentado quando criança: utilizar um secador de cabelo para impulsionar objetos!

Terrieux’s utilizou alguns secadores de cabelo para montar uma estrutura que produzisse o efeito de voo interminável. Para tal fim, foram ajustados e ligados alguns secadores em um círculo. Isso foi feito para que o ar quente que sai deles conseguisse sustentar uma pequena bolinha girando no ar. Mas como é possível? A ciência diz que o fenômeno ocorre porque a bola é suspensa pelo fluxo de ar gerado por eles, que diminui a pressão e promove uma rotação da bola. Seu movimento, então, é compensado pela gravidade, que também não atua eficientemente, falhando em fazer a bolinha cair, o que normalmente aconteceria. Soa complicado assim, não é? Mas, na realidade, não é difícil de ser feito, e você pode, inclusive, reproduzir o efeito em casa, utilizando um secador ligado no ar quente e uma bolinha.

Agora você já pode correr até o secador mais próximo e por em prática essa experiência.

Tabela comparativa entre as melhores indicações

Melhores Modelos 1
Conair Diamond
3
Mondial  ER-05
3
Philco Ceramic Spin
1
Gama 3000
Avaliação
Revestimento cerâmica cerâmica cerâmica cerâmica
Fonte de Íons Diamante indefinido indefinido indefinido
Cerdas Naturais
de Javali e Nylon (Duplas)

Nylon (Duplas)

Nylon (Duplas)

Nylon (Duplas)
Voltagem 110 ou 220v 110 ou 220v 110 ou 220v 110 ou 220v
Secos
Úmidos
Molhados
Ar Frio
Durabilidade Alta Média Média Média
Preço
Nível colar tr abaixo do /tr colar tr abaixo do /tr
Um Presentão Para Você: Consegui descontos e as melhores ofertas para as leitoras do site. Use e abuse!
Melhores Ofertas Clique Aqui e Compre Com 11% de Desconto
a
Clique Aqui e Compre Direto com o Mehor Preço
c
Clique Aqui e Compre Direto com o Mehor Preço
d
Clique Aqui e Compre Direto com o Mehor Preço
b
Loja da Oferta
wm
:)
wm
:)
wm
:)
wm
:)

Veja o artigo completo com todos os detalhes aqui.

(0 votes)
Daiane Cardoso

Sou Daiane Cardoso, pós-graduada em Gestão de Negócios pela Universidade Presbiteriana Mackenzie e atuo no segmento de beleza, moda, saúde e bem-estar há mais de 10 anos. Acumulei experiência especializada de alto nível em tendências, conceitos e dezenas de produtos do universo da beleza.

Me esforço para trazer a você o que há de mais modernoneste universo que amo e tenho muita experiência para transmitir.

Conheça mais sobre o site aqui.

Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Sobre Nós

Somos um site de conteúdo feminino de diversos temas variados. Nosso Objetivo é oferecer o melhor conteúdo e impactar positivamente a vida de nossas leitoras.

facebook pinterest twitter Flickr
Saiba Mais